Ramana Padamalai

Muruganar (1890-1973), o talentoso poeta tâmil e um dos maiores devotos de Bhagavan, foi fundamental para persuadir Bhagavan Ramana Maharshi a compor o Upadesa Undiyar e o Ulladu Narpadu, duas de suas obras poéticas mais importantes, que abordam seus ensinamentos únicos. O poeta-devoto também foi responsável por Bhagavan ter composto o Atma Vidya (A Canção do Autoconhecimento). Então, é graças a Muruganar que temos os ensinamentos de Bhagavan em Suas próprias palavras e em uma forma compacta.

 

Uma vez, Bhagavan disse a Muruganar, “Por que não escrever (poemas) como Manikkavachakar (o grande devoto, santo e cantor do século IX)?” Essa frase graciosa serviu para acender uma chama contínua de cerca de 25.000 poemas em tâmil espontâneos e naturais ao longo de algumas décadas. Atualmente, eles estão disponíveis em três formas diferentes: Stotram (preces), Sastram (filosofia ou Ensinamento) e Anubhavam (experiências espirituais pessoais). Porém, existem poemas ou versos de Muruganar que combinam todos os três aspectos.

 

Os poemas de Muruganar: Sri Ramana Sannidhi MuraiRamana Deva Malai e Ramana Sarana Pallandu, os stotras e o Guru Vachaka Kovai, incorporam os ensinamentos completos de Bhagavan e foram publicados durante a vida de Sri Ramana e de Muruganar por Ramana Padananda, um devoto fiel de Bhagavan e admirador de Muruganar, assim que a maior parte dos textos foi composta. Sri Ramana Anubhti (Sri Ramana Experience) também foi publicado por Ramana Padananda em duas partes, em 1960 e 1961.

 

Após seu Mahasamadhi em 1973, uma coleção não selecionada de mais de 17.000 versos do poeta-devoto foi entregue a Sadhu Om, um fervoroso devoto de Bhagavan e poeta talentoso. Ele a analisou durante três décadas e, com a ajuda do Prof. K. Swaminathan, ela foi publicada em nove volumes sob o título de Sri Ramana Jnana Bodham por Delhi Ramana Kendram, ao longo de um período de 18 anos, a partir de 1978.

 

Após Ramana Padananda, muitos outros devotos passaram a disseminar as obras de Muruganar. O Prof. K. Swaminathan traduziu para o inglês a maioria dos versos de Sri Ramana Sannidhi Murai, e todo o Guru Vachaka Kovai – ambos publicados pelo Sri Ramanasramam. Sadhu Om publicou uma tradução do Guru Vachaka Kovai e há também uma tradução revisada feita por David Godman. O Ramana Maharshi Centre for Learning, em Bangalore, publicou a versão em áudio de algumas obras de Muruganar.

 

O nono volume do Sri Ramana Jnana Bodham, publicado em 1996, contém: a) Deiva Malai, b) Padamalai [Paadha Maalai], c) Sarana Tiruvahaval, e alguns versos e prosas variados de Muruganar. Uma seleção excepcional de 1700 versos (de um total de 3059) do Padamalai foi traduzida para o inglês pelo Dr. Venkatasubramanian, por Robert Butler e David Godman, com as anotações e a organização temática feitas por David Godman. O livro foi publicado por David Godman em 2004.

 

Os nove volumes originais (em tâmil) do Sri Ramana Jnana Bodham foram disponibilizados online no site do Sri Ramanasramam em 2014. O Padamalai e sua tradução para o inglês estão sendo colocados no site atualmente com a autorização das pessoas que o traduziram para o inglês. Na introdução do Padamalai, Muruganar menciona que a obra deve ser cantada pelos devotos a fim de reforçar suas “lembranças dos pés divinos do Senhor”.

Sri Ramanasramam
Tiruvannamalai, Tamil Nadu 606 603
Índia

Telefone Geral: +91 4175 • 237200, 4175 • 237400, 4175 • 236624


Acomodações: +91 4175 • 236624

Copyright © 2020 por Sri Ramanasramam. Desenvolvido em português por SatsangEditora.